CAMINHADA MATINAL

Teresópolis/RJ, Brasil
Véspera de Natal, 2015
Caminhada Matinal


Pergunta: No passatempo de Narada Muni, as duas garotas estavam tomando banho com Nalakuvara e Manigriva. O que aconteceu com as duas garotas que não ofenderam Narada Muni?


Resposta: Elas foram liberadas deste mundo material, pela misericórdia de Narada Rsi. Se você não tem anarthas e tiver darsan de um siddha-mahapurush, será também liberado deste mundo material. Quando Sukadev Gosvamipad entrou na floresta, todas as árvores atingiram prem-bhakti porque elas não tinham qualquer anartha. (verso)

Suta Gosvamipad disse este verso quando Sukadev Gosvamipad entrou na floresta e somente com o Seu darsan, o coração de todas as árvores derreteu e lágrimas caíram. Mas aquelas não eram árvores comuns. Talvez elas eram siddha-mahatmyas, milhares de anos fazendo bhajan e sadhan, e simplesmente se manifestaram na forma de árvores. Quando obtiveram o darsan, foram liberadas.

Assim como quando Bhagavan Ramcandra entrou na floresta, muitos siddha-mahatmyas estavam esperando para obter Seu darsan, do Senhor Ramcandra. E quando eles tiveram este darsan, também foram liberados. Portanto, de acordo com os desejos deles, alcançaram liberação, mukti.

As duas garotas não ofenderam Ele [Narada Muni]. Se você ofende, não obtém fruto algum.


(...)

P: Srila Gurudev, como abandonar o orgulho de ser um bom sevaka?

R: Você tem que abandonar todo orgulho. O orgulho vem quando você possui concepção corpórea e todos os tipos de anarthas aparecem. Bhaktisiddhanta Prabhupad explica que concepção corpórea é a causa principal de todo tipo de anartha. Portanto, abandone aos poucos todos os tipos de concepção corpórea. Primeiro imponha a si mesmo: Eu não sou este corpo e sim um servo de Krsna, jivera svarupa hoy krsnera nitya das. Isso não sairá do seu coração em um dia apenas. Mas no começo você terá que impor.

P: É um bom pensamento achar que Guru é quem está fazendo tudo?

R: Não, Gurudev está ajudando você, como desenvolver seu bhajan e sadhan, o Guru ajuda você.

(...)

P: Srila Gurudev, dasya-bhav é o humor mais elevado em gaur-lila?

R: Dasya é o humor de separação de Srimati Radhika, isso se chama dasya. Quando Srimati Radhika sente separação de Krsna, Ela diz nesse momento: “Eu sou uma serva de Krsna”. De outra forma não. Isso não é um dasya comum. Não é o humor de Dvarka, este dasya é o humor mais elevado das gopis, somente em humor de separação [você o encontrará]. Quando Krsna desaparece [da presença] de Srimati Radhika, Srimati Radhika usa estas palavras: (verso)
“Ó, onde está Meu querido Krsna? Sou Sua serva! Proteja-Me!”

Kasi quer dizer “onde está você?”

Gaur premanande hari haribol!